Antonio Alves Santos nasceu em 1953, no município de Lagoa da Canoa, interior do estado de Alagoas, a 150 km de Maceió. Faleceu dia 16 de junho de 2017, aos 63 anos, em Lagoa da Canoa, na comunidade da Vila Santa Isabel, onde morava. Herdou do pai Dedé Lourenço o apelido pelo qual é conhecido no mundo da arte popular brasileira. É o filho mais velho de um total de cinco que teve o casal de agricultores Dedé Lourenço e D. Santina Alves de Oliveira. Pertenceu a uma comunidade quilombola remanescente. Escultor em madeira, seus temas preferidos são bichos e personagens imaginários: onças, touros, gatos, veados, elefantes, bailarinos, casais em peças únicas, geralmente esculpidos em cedro e jaqueira e ricamente policromados. A principal característica da obra de Antonio de Dedé é a expressividade do entalhe e a dramaticidade evidente em cada peça. Elas transmitem ao expectador sentimentos variados: da angustia ao humor irônico. São recriações inusitadas do mundo em que vive: animais, santos católicos e figuras humanas são as peças mais encontradas.

Tamanho: 140 x 75 x 27 cm.

Preço: R$ 13.600,00.

Mais Informações