Nascido em Belo Horizonte no ano de 1947 numa família de quatorze irmãos, Célio de Faria começou a trabalhar cedo, ajudando o pai como pedreiro, pintor de parede e comerciante. Em seguida começou a atuar como moldureiro, já adulto. Esta atividade lhe proporcionou convivência periférica com a arte e contato fragmentado com obras de alguns artistas. Autodidata, Célio nunca estudou arte, nunca teve professor, nem mesmo um convívio próximo com o meio de artes visuais. Suas criações se deram longe das influências e tendências da moda ou de modelos compartilhados.

Tamanho: 48 x 41 cm.

Preço: R$ 650,00.

Mais Informações