Isa Aderne Vieira Iaderne (Cajazeiras, Paraíba, 1923 – Rio de Janeiro, 2019). Foi gravadora, pintora, cenógrafa e professora. Frequentou, em 1947, o curso de pintura na Escola Nacional de Belas Artes (Enba), onde, anos mais tarde, fez o curso de gravura com Adir Botelho (1932). Manteve contato com a obra de Oswaldo Goeldi (1895-1961) e com a literatura de cordel, que conheceu desde a infância. Entre 1964 e 1968, lecionou na Escolinha de Arte do Brasil (EAB); em 1968, no Museu Histórico Nacional (MHN); de 1978 a 1995, na Oficina de Gravura do Ingá; e, de 1984 a 1988, na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Em 1991, recebeu o Prêmio Coca-Cola de Melhor Cenografia pela peça Fala Palhaço, do Grupo Hombu. Dedicou-se especialmente à xilogravura e, em 1994, passou a ensinar essa técnica na Oficina de Gravura Sesc Tijuca. Essa gravura fez parte da exposição Xilogravura Popular, no Museu Nacional da República em Brasília.

Tamanho: 25 x 35,8 cm.

Preço: R$ 600,00 (Emoldurado).

Mais Informações